Telexfree é pirâmide e brasileiros eram alvos, diz investigação nos EUA

18 de abr de 2014


Um relatório da Secretaria de Estado de Massachusetts, EUA, considerou a Telexfree uma pirâmide financeira. A empresa arrecadou cerca de US$ 1,2 bilhão em todo o mundo. O documento foi divulgado na terça-feira (15). As autoridades pedem o fim das atividades da empresa, devolução dos lucros e ressarcimento das perdas causadas aos "divulgadores".

"Embora apresentada como uma mudança de paradigma em telecomunicações e publicidade, a Telexfree é meramente uma pirâmide velada e um esquema Ponzi (como são conhecidas as pirâmides) que tem como alvo a trabalhadora comunidade brasileiro-americana", diz a denúncia assinada pelo secretário William Galvin.


O documento tem quase 50 páginas e diz que a empresa montou um esquema ilegal de venda fraudulenta de títulos. Apenas US$ 238 milhões dos cerca de US$ 1,2 bilhão que a empresa faturou entre janeiro de 2012 e fevereiro de 2013 foram das vendas de pacotes de telefonia VoIP.

"Usando várias contas de bancos e entidades relacionadas, a Telexfree já arrecadou mais de US$ 90 milhões em Massachusetts e cerca de US$ 1 bilhão no mundo" diz a secretaria. O principal alvo do esquema eram os imigrantes brasileiros.

A investigação acontece depois que a Telexfree entrou com pedido de concordata no Tribunal de Falências de Nevada. As informações são do Correio.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

 
Copyright © -2012 .:: PORTAL DE SERROLÂNDIA ::. All Rights Reserved | Template Design by Favorite Blogger Templates | Blogger Tips and Tricks